08/02 18:41

Governo qualifica 30 agentes penitenciários no manuseio de armas e materiais químicos de menor potencial ofensivo

Agentes em curso ministrado por PM do Rio (2)O Governo do Maranhão realizou, segunda-feira (6) e terça-feira (7), curso de capacitação para 30 agentes penitenciários. O aprimoramento, que consiste no manuseio de materiais químicos de menor potencial ofensivo, foi ministrado pelo coronel da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, Ricardo Soares. A iniciativa é resultado de parceria entre a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) e a empresa Condor Tecnologias Não-Letais.

“A cultura do uso de agentes químicos no sistema prisional sempre foi bastante questionada. Porém, o emprego desses equipamentos não letais, quando manuseados de forma responsável, é indispensável para a retomada do controle em situações adversas. Felizmente, estamos há mais de dois anos sem registro de rebeliões com mortes ou feridos no Maranhão, e cursos como este só qualifica ainda mais o trabalho da gestão prisional”, observou o secretário da Seap, Murilo Andrade de Oliveira.

Agentes penitenciários do MA em treinamento para melhor emprego de agentes químicos (1)

No primeiro dia, os servidores tiveram uma noção teórica do assunto. A aula ocorreu na Academia de Gestão Penitenciária (Agepen). Na ocasião, os agentes penitenciários tiveram uma visão geral das características do armamento não letal e estudaram sobre a composição de alguns equipamentos químicos, tais como o gás lacrimogênio e spray de pimenta, e seu correto manuseio.

Os agentes conheceram ainda as munições, granadas e explosivos, e como cada um funciona. A proposta, nesta primeira etapa da qualificação, é enfatizar o emprego correto de cada um dos equipamentos não letais. No final da aula teórica foi antecipado, de forma básica, o manuseio da pistola Spark (choque), um dispositivo incapacitante que emite pulsos elétricos à distância a partir de dois dardos disparados.

Agentes penitenciários do MA em treinamento para melhor emprego de agentes químicos (3)

No segundo dia foi oferecido aos agentes penitenciários, desta vez na Academia de Policia Civil, localizada no bairro São Raimundo, a parte prática do curso. Além de se aprofundar no correto manuseio e disparo da arma Spark, os agentes de segurança prisional foram instruídos sobre a importância de usar o Equipamento de Proteção Individual (EPI), como a máscara de granadas lacrimogênio.

Para reforçar o aprimoramento, os agentes penitenciários foram treinados também a manusear armas de munição de impacto controlado, granadas e explosivos. “A qualificação é o vetor principal na segurança do uso correto de todas as tecnologias de armamento não letal, disponíveis no mercado, e permitidos pela legislação no ambiente carcerário”, disse o coronel da PM do Rio de Janeiro, Ricardo Soares, durante os dois momentos do curso da Condor.

Agentes penitenciários do MA em treinamento para melhor emprego de agentes químicos (4)

A qualificação teve o apoio da Academia de Gestão Penitenciária (Agepen). O diretor da Agepen, Fabiano Cavalcante, falou sobre a importância da iniciativa. “Esse curso faz parte de uma qualificação continuada, possibilitada pela gestão estadual, e busca, de fato, aprimorar as técnicas de segurança interna prisional e, consequentemente, reforçar ainda mais o bom desempenho dos nossos agentes”, afirmou Cavalcante.

O secretário-adjunto de Segurança Penitenciária, João Rodrigues, também participou do treinamento. “É uma capacitação que vem aprimorar algumas das técnicas em segurança interna prisional e garantir que tenhamos um melhor desempenho, tanto físico quanto mental, nas ações de segurança. São ações como essa, são oportunidades como essa que tem resultado no controle do Estado sobre o as unidades prisionais do Maranhão”, reforçou ele.

REDAÇÃO – Alan Jorge

FOTOS – Clayton Monteles

Contatos

contatos

GERAL

Fone: (98) 99101.5131

PROCESSO SELETIVO

E-mail: seletivo@seap.ma.gov.br
Fone: (98) 99172.5179

Links Úteis
Localização

localização

Click to open larger map

Rua Antônio Raposo, n° 405-A,
Cutim – Anil, São Luís – MA